Mulher vencedora: superando os desafios da vida

17/08/2021

4min

mulher-vencedora-superando-os-desafios-da-vida

Depois de ter passado por uma série de dificuldades, a paraibana da história de hoje dirige o Chapa Quente, restaurante em Santa Rita (PB) que serve até 300 refeições todos os dias. O nome dela é Eliziete Holanda da Silva, mas poderia ser chamada de guerreira, de lutadora, entre outros adjetivos que marcam sua trajetória de vida cheia de obstáculos, batalhas e conquistas. Conheça essa mulher vencedora!

A história da menina da roça que teve que crescer rápido

Eliziete, filha de um casal de agricultores muito pobres, nasceu em Caldas Brandão (ou Cajá, a 35 km de João Pessoa). Quando tinha sete anos, a família mudou-se para Santa Rita (numa área então completamente deserta, sem água, sem luz, sem nada) e conseguiu comprar um pequeno terreno. Começaram a trabalhar como feirantes, vendendo ovos e galinhas. Com o trabalho, conseguiram construir uma pequena casa de quatro cômodos.

Aos 14 anos, ela engravidou do primeiro filho. Logo em seguida, com o bebê ainda pequeno, começou a trabalhar na então recém-inaugurada fábrica da De Mylus. Dois anos depois, conseguiu emprego como ajudante num depósito de material de construção  e seguiu a vida como frentista de um posto de gasolina. Até que, em 2012, o posto não obteve bons resultados, e Eliziete, grávida de novo, foi demitida sem ganhar quase nada.

O início de tudo

Com a ajuda do sogro, ela alugou um pequeno box de 3m x 6m, pegou, literalmente, tudo o que tinha na casa dela e abriu um restaurante delivery com apenas uma mesa, servindo o chamado prato feito.

Em poucos meses, o negócio prosperou graças ao almoço dos funcionários de uma loja bem perto do local. Eliziete conseguiu, então, comprar uma estufa para buffet e, de apenas uma mesa, transformou o negócio em um restaurante self-service.

“Fiz um puxado, passamos a ter cinco mesas e fui crescendo. Dois anos depois, aluguei três boxes. Até que conversei com um cliente que tinha material de construção e comecei a construir uma meia-água no que sobrava do terreno lá de casa. Eu comprava de manhã o material e pagava de tarde. Só que o pessoal que eu tinha contratado para construir pegou o dinheiro e sumiu. Tive que começar de novo!”, conta a mulher que não desistiu, mesmo diante de tantos obstáculos.

O restaurante Chapa Quente faz sucesso!

Hoje, apenas cinco anos depois daquele início com uma mesa de plástico, o Restaurante Chapa Quente, comandado por Eliziete, já tem 31 mesas, serve cerca de 300 refeições por dia (buffet e grelhados), conta com uma variedade de bebidas e emprega 13 funcionários.

O negócio é um verdadeiro sucesso e representa a luta e determinação da nossa mulher vencedora, que enxergou uma grande oportunidade e fez acontecer. Um grande exemplo de empreendedorismo.

O Atacadão também faz parte dessa história

Eliziete fala com gratidão, do apoio recebido no Atacadão e nós, é claro, temos muito orgulho de apoiar e incentivar histórias de vida como essa.

“Não tem o que falar, eu compro no Atacadão desde o primeiro dia e eles sempre me deram muita força! O gerente da loja me visita, me dá conselhos que eu acato, e assim vou crescendo, com o Atacadão sempre presente na minha vida”, comenta a dona do restaurante paraibano. 

Deixe uma resposta

Página Inicial