“Não quero outra vida”

28/07/2022

3min

rios negro e solimões

Ianne Freire Duarte e Walter Vital Santos, casados, dirigem o Ponto do Gugu — mercearia, mercadinho e distribuidora de bebidas —, em Itacoatiara (AM), a 270 km de Manaus, para em que lugar vão, quase toda semana, fazer compras no Atacadão. Vejam esta história. 

 

Nascida em Itacoatiara, no leste amazonense, às margens dos rios Negro e Solimões, Ianne (educadora física, hoje com 47 anos) teve, durante 26 anos, uma academia. Ela é atleta fisiculturista e chegou a ser tricampeã mundial de levantamento de peso, em 2016, em Guarulhos (SP), na categoria até 60 kg, ao levantar 140 quilos. 

 

O marido, Walter, era taxista. Até que, há dois anos e meio — após ela ter que fechar a academia para cuidar da saúde do pai —, eles começaram praticamente do nada, abrindo um pequeno estabelecimento comercial de distribuição de bebidas e mercadorias, que chamaram Ponto do Gugu, em homenagem ao filho, que havia falecido. 

 

Ela conta que “na verdade, era apenas uma portinha de frente para a rua, com no máximo dois metros de largura e uns nove de fundo. A academia era uma paixão para mim, mas não dava resultados financeiros. 

 

Agora, com o mercado, as coisas estão indo muito bem. O bairro aqui é bom, movimentado. É cansativo, a gente trabalha de domingo a domingo, mas os resultados estão aparecendo. Tanto que compramos uma câmara frigorífica e, por enquanto, temos que mantê-la na rua por falta de espaço. Isso que nesses dois anos já triplicamos nossa área”.

 

Quanto às suas compras, quase toda a semana eles pegam a estrada e percorrem os 270 km de distância até a loja Grande Circular do Atacadão em Manaus. Ianne diz que “depois que descobri o Atacadão não quero outra vida!

 

O Atacadão é ótimo mesmo para comprar, facilita em tudo! Compramos quase tudo lá, em paletes. O atendimento é magnífico e os preços são excelentes. Hoje, usamos uma caminhonete para realizar as compras, mas agora nosso objetivo é conseguir um caminhão para facilitar esse frete e trazer ainda mais coisas”.

Deixe uma resposta

Página Inicial