A paixão de Raquel pelo comércio

29/09/2021

3min

a-paixao-de-raquel-pelo-comercio

Raquel Kraisch deixou uma carreira de Bióloga, com Mestrado em Engenharia Ambiental, ao se apaixonar pelo comércio. Hoje, dirige com o marido o Mercado GJK, na pequena cidade de Luiz Alves, em Santa Catarina.

A empresária se diz muito feliz com a parceria que tem com o Atacadão: “Não consigo comprar em outro lugar!”

Conheça essa história de amor pelo mundo das vendas

Em 2010, a jovem Raquel, com 26 anos, estava concluindo o Mestrado em Engenharia Ambiental quando recebeu um convite do irmão para que, juntos, comprassem um pequeno mercado em sua cidade natal, Luiz Alves (SC). O combinado acertado pelos dois irmãos era este: um trabalharia de manhã e o outro, à tarde.

Raquel pensou bastante sobre a proposta e acabou topando. Afinal, tinha que trabalhar meio turno para concluir os estudos. Alguns meses mais tarde, o irmão desistiu da ideia e a jovem comprou a parte dele, assumindo o negócio sozinha por alguns anos, quando trouxe o marido, Cleber Goedert, para trabalhar com ela. 

Hoje, o Mercado GJK, que é mais do que uma mercearia, atende seus fiéis clientes na pequena cidade catarinense de 12 mil habitantes. O negócio conta com seis funcionários, além de Raquel — que cuida do financeiro e do RH — e de Cleber, que faz as compras e “ajuda a cuidar da loja, pois o olho do patrão é importante”, comenta Raquel, com orgulho. 

Ambiente familiar é a chave do sucesso para Raquel

A jovem empreendedora, agora mãe de dois filhos, conta que está feliz. Diz que nunca tinha pensado em trabalhar com comércio, mas que adorou o negócio. “Não pensei que fosse gostar tanto!”, afirma.

Para ela o segredo está em atender bem, mas antes de tudo, é preciso organizar o ambiente interno. É preciso desenvolver um bom ambiente familiar, dedicando atenção e estímulos aos funcionários para que eles possam atender os clientes da mesma forma como são tratados pela empresa.

O Atacadão também faz parte dessa história

O Mercado GJK é cliente do Atacadão desde que a loja de Itajaí foi inaugurada. Raquel conta que encontra variedades de produtos de limpeza, alimentos e bebidas, sempre com os melhores preços para o seu comércio.

“Ah, tudo é bom no Atacadão! Além do relacionamento, o sistema de televendas funciona muito bem. A gente negocia um pouco aqui, um pouco ali e sempre chegamos num consenso. A verdade é que nós nos acostumamos a comprar lá e agora e não consigo comprar em outro lugar”, completa ela entre sorrisos.

Deixe uma resposta

Página Inicial