Alexandre Costa: “sou movido a desafios”

27/08/2021

10min

alexandre-costa-sou-movido-a-desafios

Paulistano, filho de pais comerciantes, Alexandre Costa criou, aos 17 anos, a Cacau Show, hoje a maior rede de chocolates finos do mundo, que produz e comercializa cerca de 20 milhões de quilos de chocolate por ano.

Conheça nesta entrevista exclusiva concedida ao Atacadão, como ele transformou um negócio caseiro em um colosso empresarial que orgulha a todos. 

Alexandre teve que colocar a mão na massa

Na Páscoa de 1988, Alexandre, ou simplesmente Alê, como é chamado, então com 17 anos, teve a ideia de vender chocolates para fazer uma renda extra. A inspiração vinha da mãe, que era revendedora domiciliar de produtos de beleza e que durante um tempo vendeu chocolates.

Com um catálogo dos tempos da mãe e 500 dólares emprestados por um tio, ele logo conseguiu uma encomenda de 2 mil ovos de chocolate com 50 gramas, vinda de um empresário que queria presentear seus empregados.

Para a surpresa de Alexandre, ao chegar no fornecedor que havia publicado o catálogo, foi informado que não era mais possível fabricar ovos de 50 gramas. Desesperado, com medo de perder a encomenda, ele mesmo, sem nenhuma experiência, resolveu produzir os ovos por conta própria.

Quando foi comprar a matéria-prima, Alê conheceu uma senhora que fazia ovos caseiros e acabou contratando-a para que ambos conseguissem dar conta da empreitada, o que foi possível, com sucesso e um bom lucro, três dias depois, com 18 horas de trabalho por dia.

Fazer parte do processo fez toda a diferença: nasce a Cacau Show

Com o resultado desafiador, ele tomou gosto pela coisa, descobriu o potencial dos chocolates artesanais e, depois de devolver o empréstimo, com um saldo de 500 dólares, fundou a Cacau Show, em uma sala na empresa dos seus pais, no bairro Casa Verde, em São Paulo.

Começando um processo bem precário, ele se orgulha de ter crescido sem nunca ter recorrido a empréstimos bancários. Com a ajuda de um amigo, eles mesmos produziam os chocolates e vendiam em padarias da vizinhança, deixando os produtos de forma consignada.

Hoje, a Cacau Show Chocolates é uma gigante que vende centenas de tipos de chocolates, para todos os gostos, em mais de 2.400 lojas franqueadas, e mais de 12 mil funcionários.

Além da fábrica original em Itapevi (SP), a empresa tem outras três fábricas em São Paulo, uma em Curitiba e recentemente adquiriu três fazendas em Linhares (ES), uma delas chamada “Dedo de Deus”, onde começou a produzir parte de seu próprio cacau, com uma qualidade diferenciada.

Além desse sucesso, Alexandre Costa fundou também, em 2009, o Instituto Cacau Show, voltado para a área assistencial.

Alexandre, você começou sua empresa de chocolates aos 17 anos, justamente em um segmento – na época, e ainda hoje – dominado por gigantes…  Como veio a ideia?

“Na ocasião, eu tinha pego um antigo catálogo da minha mãe, Vilma, para conseguir uma renda na época da Páscoa. E aí vendi 2 mil ovos de 50 gramas deste catálogo. Mas quando cheguei no fornecedor para fazer o pedido, descobri que o catálogo que eu tinha era antigo e eles não fabricavam mais os ovos na gramatura que eu tinha vendido. Então, tive que produzi-los.”

“Eu não tinha conhecimento nenhum sobre a área, por isso, contei com a ajuda da Dona Cleusa, que me encontrou no momento de desespero com a situação e se dispôs a me ajudar. A partir disso, percebi que poderia dar início a um nicho de mercado que ainda não existia, de chocolates finos, mas com preços democráticos e acessíveis”, conta. 

Você acha que o empreendedorismo vem de nascença? Está no DNA? Ou se pode “aprendê-lo”? Qual o caminho?

“Acredito que todos nós podemos aprender, basta estarmos dispostos e motivados. Eu vim de uma família de pessoas trabalhadoras e com espírito empreendedor. Portanto, pude aprender muito com meus pais, mas também fui me aperfeiçoando durante os últimos anos.”

Hoje a Cacau Show é uma das maiores empresas em seu segmento no país. Isso deve ter representado uma grande mudança em sua vida… O que mudou na sua cabeça? Como você convive com essa realidade? O crescimento acomoda, arrefece o ânimo?

“A Cacau Show é meu sonho realizado e hoje compartilhado e vivido intensamente por mais de 12 mil pessoas. Tenho muito orgulho da história construída até aqui e, principalmente, dos meus companheiros de jornada. O entusiasmo só cresce, a responsabilidade aumentou e muito.”

“A Cacau Show alimenta famílias, adoça lares, é uma empresa respeitável, confiável e que exige muito não só de mim, mas de todos que participam dela. É uma empresa para trazer felicidades, mas trabalhamos muito também, e sempre, para levar o melhor para os nossos clientes.”

Fale um pouco mais sobre a Cacau Show

“Somos a maior rede de chocolates finos do mundo. Atualmente, temos mais de 2.400 lojas na rede, além das megastores e os canais de venda on-line, e contamos também com um portfólio de mais 200 produtos em linha. A Cacau Show é uma marca para presentear nas melhores datas, temos produtos para compartilhar com os amigos ou para consumir sozinho.” 

Voltando ao nosso assunto principal: muita gente tenta empreender, nem todos conseguem, principalmente começando de baixo…Quais qualidades é preciso ter para tanto?

“É importante sempre ter determinação, força de vontade, disciplina, persistência e objetivos. Tudo aquilo que conquistamos na vida não vem de graça ou de forma fácil. É perfeitamente normal errar e cair algumas vezes, mas são esses momentos que nos servem como ensinamento e nos dão força para continuar tentando”, afirma.

E para crescer? Quais os verdadeiros segredos? Trabalho? Confiança? O segmento em que se atua?

“Nada tem uma fórmula secreta, mas não se acomodar e ser apaixonado pelo que faz são grandes fatores que ajudam no crescimento. E, com certeza, confiar nas pessoas que estão ali para te apoiar na trajetória. Afinal, não fazemos nada sozinhos.”

E onde entra o cliente nessa história? Qual a importância do cliente?

“O cliente é uma das pessoas fundamentais de todo o “quebra-cabeça” que é ter um negócio. Até porque, se não fosse pelo cliente, não teríamos chegado aonde chegamos hoje e não teríamos construído a marca forte que possuímos. Todo o nosso negócio é feito para tocar a vida dos nossos clientes. Sem eles, não temos propósito.”

“Eu tenho uma frase que está até estampada na minha sala: “Sonha que é seu!”, então vá atrás dos seus sonhos que, com muita determinação, eles se tornam realidade.”

E o futuro? Quais os próximos passos?

“Este ano, temos um dos maiores desafios nos mais de 30 anos de empresa. Nossa meta é abrir centenas de novos pontos de negócios, que será o maior crescimento em abertura de lojas, principalmente dentro desse setor. Então, pensando no futuro, queremos crescer ainda mais e levar o carinho e o chocolate para todos os cantinhos do Brasil e, quem sabe, do mundo.”

E o que é o Instituto Cacau Show?

“O Instituto existe há mais de 10 anos e é uma instituição sem fins lucrativos que atende crianças e jovens carentes com atividades socioemocionais, esportivas, musicais e aulas complementares de português e matemática. Todas essas atividades são dadas por professores contratados e capacitados periodicamente para o desenvolvimento pleno dessas crianças.”

Para finalizar, uma pergunta que temos feito a todos os nossos entrevistados: E o Brasil? Como você vê o Brasil de hoje? O Brasil tem jeito?

“O Brasil é o país das oportunidades, de um povo trabalhador e generoso. Tivemos em 2020 muitos desafios, e não baixamos a guarda, pelo contrário, continuamos lutando e acreditando em melhorar a situação dos brasileiros. Precisamos acreditar que tudo dará certo! Ainda há um caminho a ser percorrido, mas sou movido a desafios, e acredito que sairemos, todos juntos, vencedores desta batalha!”, conclui o fundador da famosa casa de chocolates, Cacau Show.

Deixe uma resposta

Página Inicial