Como prevenir as perdas no varejo

08/03/2022

6min

A prevenção de perdas é uma área que pode levar o seu negócio à falência, mas para a qual quase nenhum empresário dirige o devido olhar e atenção. Você, varejista, talvez não faça ideia do valor financeiro que está sendo perdido por não analisar e fazer processos nessa área.

Normalmente, o comerciante se dedica pessoalmente à tarefa de comprar melhor. Reduzir despesas é outro ponto, mas quase sempre não existem muito mais despesas a serem reduzidas. Logo, o que ainda tem uma gordura considerável são as perdas.

Quando olhamos para os indicadores, muitas vezes se percebe que é possível quase dobrar a lucratividade se dermos a devida atenção para esse assunto.

Saber o número das perdas no seu negócio é muito importante

O primeiro passo da prevenção de perdas é identificar o tamanho das perdas, e em seguida entender a origem das mesmas na sua loja. 67% das perdas acontecem devido a erros nos processos internos e os outros 33%, pelas perdas externas.

É fundamental que você se preocupe com processos e pessoas. Grande parte da perda é ocasionada por furtos internos. Você controla a entrada e saída de pessoas do estoque? As pessoas podem entrar nessa área com bolsas e mochilas? Você utiliza câmeras de segurança? Tudo isso deve ser analisado na hora de entender as perdas.

O primeiro passo é a conscientização da equipe

Dentro das perdas internas também estão a má gestão de estoque e de exposição dos produtos. Por exemplo, os produtos próximos da data de vencimento são colocados de forma mais visível para o cliente? Como são tratados os FVLs na hora do deslocamento pela loja? São jogados, sem cuidado, de um lado para outro?

As perdas externa

s, responsáveis por 33% do total, também devem ser analisadas, e se sua equipe pensa que não existem maneiras de reduzi-las, está muito enganada.

O que faz, de fato, a prevenção de perdas?

É bem simples, a fiscalização de prevenção de perdas é um conjunto de processos e estratégias com o objetivo de prevenir, combater e reduzir as perdas da sua empresa. Assim, os processos de prevenção agem diretamente no combate ao desperdício, às fraudes e aos furtos internos e externos.

Em outras palavras, a prevenção de perdas é responsável por desenvolver, implementar e controlar processos de modo a evitar as perdas, reduzindo os impactos negativos das perdas do seu negócio. Além disso, o profissional também é responsável por aumentar e potencializar as margens de lucro.

O primeiro passo é a conscientização de toda a equipe da empresa sobre a importância das perdas nos resultados. É uma mudança cultural, e normalmente, mais difícil de se fazer do que se imagina. É algo que você precisará constantemente reforçar.

Em seguida, é necessário saber o quanto se perde hoje na empresa. Simples assim! Saber o tamanho das perdas, para, a partir de então propor ações, políticas e metas para a equipe. E, claro, sempre acompanhar a evolução.

Implemente soluções que reduzam as perdas ao mínimo

Um dos principais processos da prevenção de perdas é o inventário. O inventário é o nosso termômetro. É ele que apontará o valor das perdas e indicará se a equipe está tendo sucesso com os processos.

O ideal é que sejam feitos inventários gerais uma vez a cada seis meses e rotativos toda semana. Dependendo do departamento, do tamanho e da necessidade da sua loja, é óbvio que essas datas podem variar. Isso quem irá analisar e definir é você ou sua equipe responsável pelo processo de prevenção de perdas.

Pensar na prevenção de perdas faz bem para qualquer negócio

Espero que tenha ficado clara a importância da prevenção de perdas para a melhoria do resultado da sua loja e que existem ferramentas para alcançar esse objetivo.

É importante reiterar que os inventários são fundamentais. Mas, conforme dito, não adianta absolutamente nada realizá-los sem a acuracidade dos resultados. A perda de um produto ou outro vai acontecer. Porém, trabalhe e implante soluções que reduzam as perdas ao mínimo possível, e os resultados serão visíveis.

Não adianta ficar reclamando dos prejuízos, você tem que reagir! Enfim, existem soluções, e muitas, agora é só você tomar uma atitude e começar os processos de prevenção de perdas.

Afinal, você quer restabelecer e diminuir o prejuízo ou continuar em decaída rumo à falência? Você sabe o quanto do seu faturamento você perde com as perdas? Quais ações de prevenção de perdas são feitas na sua empresa?

Bruno Silva é o atual Superintendente de Operações do Superluna Supermercados (MG). Membro do Conselho Deliberativo da ABRAPPE (Associação Brasileira de Prevenção de Perdas) e conselheiro no Comitê de Prevenção de Perdas da AMIS (Associação Mineira de Supermercados). A ABRAPPE foi criada em 2018 para tornar a prevenção de perdas uma área estratégica que contribua, de forma sustentável, para o aumento da rentabilidade dos negócios. Para mais informações acesse o site http://www.abrappe.com.br.

Deixe uma resposta

Página Inicial